A elegância de um teorema matemático é diretamente proporcional ao número de ideias independentes que podem ver-se no teorema, e inversamente proporcional ao esforço que é preciso para vê-las.


-George Pólya

Página de Matemática do professor Paulo Correia